quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Persistência


sexta-feira, 17 de outubro de 2014

CHEGA!!!!! Paremos com esse embate!

Preciso dizer algo...
Desde ontem (16-10-14), depois que vi apenas pequenos trechos do debate presidencial e o vídeo da presidente-candidata possivelmente passando mal, meu coração ficou meio que incomodado.
Sabe com o quê?
Com algo que muitos não têm feito, principalmente os que se dizem ser cristãos, que é o de ser compassivo em relação ao outro e o de agirmos com sabedoria e atitudes dignas de elogio cristão.
O debate, aliás, o embate foi completamente ofensivo para ambos e, evidentemente, acabou sendo mais ainda para a referida senhora.
É triste chegarmos a uma situação no Brasil onde ao invés de termos debates sobre ideias, planos de governos, ideais futuros, vemos uma verdadeiro derramar de acusações, manipulações marqueteiras e egos exaltados.
Infelizmente, ao final, ficou claro que a parte menos preparada saiu mais lesionada pelos ataques e, mais uma vez, o povo brasileiro (aquela parte que deseja mais do que "feijão, carnaval e futebol") torna-se refém de tais atitudes e pessoas.
Sinceramente, ao ver a presidente-candidata soltar sílabas sem nexo e parecendo querer fugir de tudo e todos, meu coração se compadeceu.
Não posso vê-la como uma pessoa sem alma, sem coração, nem mesmo que seja uma sociopatia.
Creio que ontem ela teve um certo vislumbre de consciência e isso lhe causou um baque.
Poderia ter aproveitar e dar passos diferentes agora!
Poderia!
E mais, ver tal embate ser perpetuado nas redes sociais, onde palavras e figuras baixas têm sido usadas para se defender A ou B, sem um pingo de atitude cristã no meio, isso me enoja! (Perdoe-me a expressão!).
Pelo amor de Deus!!!!!!!
Chega, gente!
Vamos dar uma basta a isso tudo!
Não podemos ser mais uma voz no meio dessa gritaria ensurdecedora de mentes vazias!
Tanto é que intensifiquei meus pensamentos de oração em relação a essa eleição, pedindo a Deus para que nos dê, segundo Sua Soberania, sabedoria em nossas decisões e que faça com que os referidos candidatos e partidos sejam realmente éticos e sábios em suas falas e atitudes.
Que deixem de agir como pessoas incultas, sem domínio próprio, achando que o cargo que pleiteiam seja apenas um meio de se enriquecerem e ganharem prestígio.
Participo de qualquer debate coerente, sabiamente argumentado e que possa promover crescimento, em todos os sentidos.
Mas não participo, nem promovo, embates que se mostram pífios e emburrecedores.
Aprendi que devemos orar pela "Paz em Israel".
Ou seja, devemos, por meio de nossas vidas, procurar promover a prosperidade, em todas suas modalidades, aqui nessa terra. 
Somos representantes do Reino Celestial e, como tal, jamais podemos coadunar e nem ficar fomentado mais ainda esse embate.
Jamais!
Promovemos essa Paz em nossa sociedade quando temos atitudes que revelam um espírito altruísta, que tem domínio próprio, que sabe amar com Cristo amou.
Há uma linha muito tênue entre o sarcasmo e a ofensa, entre palavras jocosas e acusações.
Oremos!
A oração é um exercício que nos faz conhecer mais a Deus e a nós mesmo e, assim, saberemos como ser verdadeiros cidadãos aqui nessa terra, sem perder nossa cidadania celestial.

Deus lhe abençoe!!!!!

Ana Paula Pinheiro de Oliveira
17-out-14 às 15:28h