sábado, 28 de dezembro de 2013

Descansar....


Descansar...
Verbo, ou seja, uma palavra que encerra a ideia de uma ação.
Mesmo que a imagem que esse verbo traga à mente de muitos seja de inércia, languidez, indolência, não é o que o salmista expressou ao dizer: "Descansa somente em Deus, ó minha alma!" (Sl 62.5)
Neste caso, compreende a ação de apoiar, assentar, pôr em descanso, livrar da fadiga ou do cuidado, tranquilizar
Descansar é sossegar em meio à tempestade e reconhecer que não estamos no comando.
Descansar é aquietar-se mesmo que a escuridão nos deixe perdidos e esqueçamos que quem nos guia não somos nós mesmos.
Descansar...
O que nos impede de plenamente viver esse descanso é uma outra palavra: MAS.
Ô palavrinha terrível!
Ô adverbiozinho que nos mostra nossa condição humana, que é pobre, fraca, sem condições de nada.
Ele traz à tona questionamentos desnecessários.
Coloca a dúvida acima da fé.
Posiciona o desespero de novo à frente de tudo e faz com que as lágrimas rolem.
MAS...
Palavrinha que nos condiciona em todos os instantes a não saber o que ver, crer ou saber.
Chega!!!!
Afinal, se queremos realmente DESCANSAR, devemos nos deixar ser levados pelos braços divinos e isso requer NÃO DUVIDAR.
Nossas verdades não são nada!
Nossas palavras e ações são pífias diante da grandeza e poder divinos.
Não podemos permitir que o desânimo nos domine e nos leve sempre à beira do abismo do desespero.
Não!
Precisamos de DEUS!
Essa é a verdade!
Aquietemo-nos e sosseguemos Nele!
Sintamos a Sua Paz... afinal, Ele é nosso Salvador!
E que possamos ouvir Sua voz, pois Ele fala.
E precisamos sempre ouvi-Lo para poder dar mais um passo.
Sim!
Um passo apenas...
E passo a passo caminhamos para nosso alvo, que é a eternidade com Cristo!
E lá vamos DESCANSAR!

Em Cristo,

ANA PAULA PINHEIRO DE OLIVEIRA

Nenhum comentário: