domingo, 5 de maio de 2013

O tempo...

Ao ouvir hoje uma canção do Paulo Baruk (Senhor do Tempo - link abaixo), lembrei-me dessa poesia que escrevi há algum tempo:


O tempo não é nossa propriedade
e não temos nele liberdade
para poder sem controle viver
ou até mesmo dele esquecer.

Pois ele tem uma melodia particular
que possui um ritmado compassar.
Se queremos aprender música tal,
temos que nos render em total.

Tal melodia nasceu de divinal autor
e é a Ele que devemos nos dispor,
quando assim fazemos com devoção,
aprendemos a mais linda canção.

Que nos faz compreender que devemos
apenas desse tempo ser mordomos.
E saber utilizar cada minuto nos dado,
em louvor Aquele que nos tem o outorgado.

- Por ANA PAULA PINHEIRO

CLIP OFICIAL: Senhor do Tempo - Paulo Baruk

Nenhum comentário: