sexta-feira, 19 de outubro de 2012

TRANSFORMAR e não CONFORMAR!



Ser cristão implica em transformação.
O Cristianismo não se concebe de maneira real apenas na experiência religiosa vivida, mas na prática de vida, que “traz à existência” o transformar realizado por Deus, mediante a nossa fé.
Em suas cartas, Paulo sempre deixou clara essa verdade bíblica. Todas sempre trazem em seu conteúdo uma explanação doutrinária, dogmática, que se relaciona à experiência religiosa que o home pode vir a ter, mas também trazem ensinamentos que devem ser praticados, evidenciando o agir de Deus na vida humana.
A carta aos Romanos não foge dessa regra.
O seu tema principal é o plano de Deus para a salvação e justificação da humanidade e como ter uma prática cristã mediante tal experiência.
A primeira parte (Romanos 1 a 11) nos mostra EM QUE ACREDITAR.
A segunda parte (Romanos 12 a 16) nos mostra COMO DEVEMOS NOS COMPORTAR.
Ler e meditar nas palavras escritas nessa carta nos ensina a vencer a dificuldade em expressar o que realmente significa ser cristão (seguidor de Cristo). Seu teor nos faz compreender questões como fé e obras, lei e graça, justificação e, nos últimos capítulos, aprendemos como tais questões se aplicam à vida diária.
Como já dito, a partir do capítulo 12 está a aplicação de tudo o que doutrinariamente Paulo descreve até o capítulo 11. A partir desse capítulo ele se atém a mostrar que Jesus Cristo, o Salvador, também deve ser o Senhor de todas as áreas de nosso viver, sempre deixando claro que a fé se manifesta na obediência.
Interessante é notar que tal parte se inicia de um modo peculiar e diferente do que imaginamos ser CRISTÃO.
Vamos então meditar apenas em um versículo, o 2, mas deixando claro que ele não se isola de seu contexto. Desejo apenas destacar que ter uma PRÁTICA CRISTÃ não é algo que acontece de FORA para DENTRO, mas de DENTRO para FORA.

“Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” - Romanos 12.2

Analisando detalhadamente algumas expressões registradas em Romanos 12.2 podemos aprender o seguinte:

Primeiro nos é dada uma ordem para INTERROMPERMOS uma ação que está ocorrendo por influência do meio em que vivemos. “não se amoldem” está no original no tempo negativo do presente do imperativo, o que implica na interrupção de uma ação que está ocorrendo, ou seja, somos exortados e parar em ter a forma de pensar, a absorver o sistema de valores e ideias do mundo.
Não podemos negar que nossa natureza carnal tende a receber a influência do sistema vigente. Devemos estar alertas quando ao que esse sistema prega como forma de vida e barrarmos qualquer sutil influência que possa nos seduzir, dando-nos uma conformação não cristã.
Não esqueçamos que as filosofias (modo de pensar) humanas são “ensinadas” por todos os meios de informação existentes e que devemos, portanto, ter sabedoria ao utilizá-los. Atentemo-nos para o que assistimos, ouvimos, aprendemos...

Segundo, devemos, no entanto, passar por uma TRANSFORMAÇÃO (metamorphoō), que não é algo instantâneo, mas conforme está originalmente, essa transformação é uma ação continuada, um PROCESSO que acontece não externamente, mas é uma renovação qualitativa de nosso interior, tornando-nos diferentes de nosso estado passado ou da influência externa.
Apenas em três passagens bíblicas é utilizada a palavra metamorphoō, sendo que na primeira menção a ação já está completa, que é na passagem que relata a transfiguração de Cristo. Em 2Coríntios 3.18 o sentindo é o mesmo de Romanos, uma ação continuada.
Portanto, somos levados a ver a importância dessa transformação, quando nos conscientizamos que ela é a mesma que Cristo “sofreu” na transfiguração, sendo que esta foi “completa”. Ou seja, somos ensinados que desde o dia que aceitamos a Cristo como Salvador, o nosso interior começa a sofrer o processo da glorificação, que será “completo” apenas quando tivermos nossos corpos glorificados.
A SANTIFICAÇÃO DIÁRIA É O CAMINHAR PARA A GLORIFICAÇÃO!!!!
Santificação é a nossa transformação conforme a imagem de Cristo (Cl 3.10), que ocorre agora, enquanto vivemos, e se dá pela ação do Espírito Santo em nossas vidas.
Lendo 2Coríntios 3.18 compreendemos com mais propriedade:
“E todos nós , que com face descoberta contemplamos a glória do Senhor, segundo a sua imagem estamos sendo transformados com glória cada vez maior (DE GLÓRIA EM GLÓRIA), a qual vem do Senhor, que é Espírito.”

E Como buscar essa transformação mediante a renovação do nosso entendimento?
1º.      Conheçamos o deus a quem servimos.
2º.      Conheçamo-nos.
3º.      Cultivemos um pensamento questionador e opositor em relação ao pensamento do mundo.

E isso AGRADA A DEUS!
O agir é do Espírito Santo de Deus e quem se agrada é Ele mesmo!!!
Tremendo!
Tal qual aconteceu com Enoque, acontecerá conosco se permitirmos o agir de Deus em nossas vidas.
Leia Gênesis 5.22 e Hebreus 11.5.

Enfim, uma atenção deve ser dada ao “local” da transformação.
Ela não acontece FORA, mas DENTRO, na mente, entendimento, coração.
E só assim viveremos a vontade de Deus sabendo que todos os adjetivos (boa, perfeita e agradável) relacionam-se a Ele, são para Ele.
Ora, a VONTADE DE DEUS é que pareçamos com JESUS e não há como isso ser possível apenas POR FORA.
Deus julga as INTENÇÕES, ou seja, ELE VÊ O NOSSO CORAÇÃO. Não é o que diz a história de Samuel na casa de Davi, quando foi ungi-lo como rei?
Sua vontade é BOA, AGRADÁVEL e PERFEITA!
Quando buscamos a NÃO CONFORMAÇÃO, mas a TRANSFORMAÇÃO, começamos a reconhecer mais e mais a vontade de Deus, ou seja, nos tornamos mais e mais parecidos com CRISTO (santificação) e O agradamos.
Mais fácil nos será ouvir a Sua voz e obedecê-la em qualquer situação ou lugar.
Deus não nos ditará pormenores na vida, mas Seus princípios nortearão nossas decisões diariamente.
Mas não nos esqueçamos: esse é o versículo que “abre” toda uma sequência de ensinamentos que têm a ver com nossas atitudes neste mundo, ou seja, somente agiremos em conformidade com a palavra “CRISTÃO” (ser igual a Cristo), quando nos SANTIFICARMOS!!!!
Deus lhe abençoe!!!!!!

Ana Paula Pinheiro de Oliveira
17h07 – 11/10/12

Nenhum comentário: