quinta-feira, 5 de julho de 2012

Nomes...


Você sabe quem foi Samua?
E Safate?
Lembra de Igal, Palti, Gadiel?
Por acaso já ouviu sobre Gadi, Amiel, Setur, Nabi e Güel?
Não estou falando para você sair agora e pesquisar sobre estes nomes.
Não!
Estou pedindo para fechar os olhos e buscar no seu arquivo de memórias algum fato bíblico que você tenha lido ou ouvido, desde sua infância, em que tais nomes foram mencionados.
Lembrou?
Eu tentei.......
E tentei mesmo!
Mas sinceramente lhe digo que NÃO ME LEMBREI de nada!
Fiz este teste ao ler um livro onde o autor fala sobre legado, ou seja, aquilo que deixamos registrado em nossa vida e que é transmitido. E o autor pergunta sobre esses homens acima.... Mas, não lembrei quem eram.

Uma das coisas que sempre nos esquecemos é que nossas ATITUDES e REAÇÕES é que ficam realmente marcadas e faz com que nosso NOMES sejam lembrados quando fatos e outros são mencionados.
Você com certeza não se lembrou dos nomes acima.
A não ser que tenha uma memória prodigiosa, ao ponto de se lembrar de todos os nomes bíblicos e situações em que eles estão relacionados.
Mas se eu lhe perguntar: — Você sabe quem foi Calebe? Sabe quem foi Josué? – a resposta muda.
Pois a história destes dois homens é sempre relatada nas escolas dominicais e cultos domésticos (nas casas daqueles que prezam por isto) e também em muitas pregações.
Falar os seus nomes nos faz automaticamente recordar da expedição que Moisés enviou à terra prometida e como eles reagiram ante tudo que viram.
E você sabia que os nomes que eu disse lá no início também são de homens que compuseram tal expedição?
Leia então Números 13, logo no início....

Pois é.......

A lição que aprendemos com tal fato é que os dez nomes “esquecidos” são de homens que ao verem as dificuldades que deveriam enfrentar para poder tomar posse do que lhes era dado por Deus, temeram, não creram, olharam para suas limitações e não para quem lhes estava dando aquilo tudo.
Tal qual esses homens, também temos promessas que Deus nos faz e que em momentos se revelam impossíveis de serem alcançadas e nossa reação é a mesma, ou seja, olhamos com os olhos carnais e não conseguimos ver nada além dos gigantes.
Mas Josué e Calebe viram, pois o olhar que eles usaram foi o da fé em Deus, o crer de modo inabalável naquilo que Ele lhes havia falado: — A terra é de vocês!
Nessa promessa estava explícita a Glória ao Nome de Deus por meio de suas vidas e eles jamais desistiriam disso por causa de qualquer dificuldade.
E por defenderem sem medo tal promessa, entraram na terra prometida, viram os “gigantes” serem derrubados, comeram dos frutos e seus nomes são sempre lembrados....
Deus foi glorificado!

Mas e os outros dez?
Quem são mesmo?
Não entraram na terra, não viram os “gigantes” serem derrubados, não comeram dos frutos.......
São hoje apenas mencionados como medrosos....... sem nomes.....

Meu conselho para você é este: CONHEÇA mais e mais o Deus que você serve!
Fazendo isto, aprenderá a descansar em Seus braços e a desfrutar de todas as bênçãos que Ele nos tem prometido em Sua Palavra.
Que você seja lembrado como alguém que EM TUDO GLORIFICA O NOME DE DEUS, mesmo nas dificuldades.

É a única forma EXCELENTE de se ter os nossos nomes lembrados.

"Subamos e tomemos posse da terra. É certo que venceremos!" (Nm 13.30b)

Em Cristo,

Ana Paula

Nenhum comentário: