sábado, 15 de outubro de 2011

Ahhhhhhhhhhhhhh!!!!!!!!


Quais palavras eu poderei utilizar?
Como irei declarar o que está velado?
Será que devo realmente expressar
o que está dentro de mim guardado?

Ahhhhhhhh!!!!!!!!!!!!!

Que vontade de gritar e desse jeito
enfrentar medos e distâncias romper.
Por mais que não se queira, há o conceito
de situações que combatidas não podem ser.

E em meio ao turbilhão do passado,
das vontades que não foram usufruídas,
unidas ao que hoje me é ofertado
e que revelam ser prazerosas e vívidas,
vou caminhando com o meu coração.
E este se revela completamente
sem ter nem um simples senão.
Deseja demonstrar tudo o que sente,
sendo tudo muito mais do que emoção.

Deseja um olhar, um tocar, a simples presença,
para poder concretizar tudo o que sonha.
E também para chegar a uma sentença,
para permitir a alma ficar mais risonha.

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!!!!!!!!!!!

Há um grito que está sendo dado interiormente,
mas que agora estou colocando diante de Deus.
Pois sei que Nele eu terei concretamente
a resposta para todos os desejos meus.

E assim vou seguindo a minha jornada,
escondendo para muitos o meu interior,
mas mantendo toda a minha vida devotada 
a cumprir a vontade do meu eterno Salvador.

Um comentário:

Ester (Mana Linda) disse...

Ahhhhhhhhhhhhhh... tô gritando também!! rs.rs.rs.rs