quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Escrever ou não escrever?



Sendo um pouco shakespeareana:
"Escrever ou não escrever, eis a questão?"

O que escrevi estou hoje repensando,
palavras que o meu eu expuseram,
questiono se realmente leram
ou se frases ficaram faltando.

Será que o ser muito verdadeira,
ser explícita, sincera, revelar meu viver,
fizeram com que não viessem a crer
ou então me virem de outra maneira?

Será?

As palavras nasceram por uma razão
que não foi por mim motivada.
Mas tenho na memória gravada
o que as fez surgir em profusão.

As palavras seguem o embalar
de uma melodia que ressoa  em mim.
E por mais que eu clame pelo seu fim,
não há nada que a faça calar.

Mas como compreender esse momento?
Como saber se o escrever terá valor?
Será que entenderam o meu expor?
Que agonia! Queria apenas um alento...

Escrever ou não escrever...

Nenhum comentário: