sábado, 23 de julho de 2011

Surpresas....

Quando menos imaginamos, os nossos passos são direcionados a uma direção que jamais poderíamos pensar ser possível.
E quando esse inimaginável começa a tomar forma a nossa frente, nossa mente e coração parecem que não conseguem se entender.

A mente começa a confabular, questionar, impor seus medos e suas razões, se acha no direito de impedir que os passos sejam dados (direito este que ela realmente tem), se coloca na posição de liderança que naturalmente lhe é conferida por nascimento e procura estagnar a concretização desse inimaginável.
Torna difícil, enchendo de campos cegos a paisagem à frente, que apenas está se revelando para ser apreciada, desejada, conquistada.
Mas a razão para!
Afinal, as perguntas são necessárias para que se possa ser feita uma real conceituação de todo o fato.
Os questionamentos nascem para dar forma ao inimaginável e, assim, não haver o infortúnio de se estar em uma estrada que é até bonita, mas que no seu final revela um abismo escuro.

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!!!!!!

Mas o coração é apaixonável!
O coração é maleável!
O coração não receia dar os passos nessa estrada, independente do seu final.
Ele apenas quer viver o momento, a novidade, dançar conforme o compasso da melodia que está sendo tocada e que lhe faz ficar entorpecido.
O coração se delicia com cada detalhe que seus olhos veem: a flor que desabrocha em meio a algumas pedras, o arco-íris que brilha por entre escassas nuvens de uma tempestade que passou, o beija-flor que dança solto e livre entre lindíssimas árvores cheias de flores, que prenunciam um verão frutífero.
É assim o coração....
Não olha o final, mas olha o agora, o momento.
E é bom!!!!!!
É prazeroso sentir cada um desses detalhes...

E nessa interna turbulência, vou dando os passos....
Para viver o divino, o inimaginável, o que jamais pensei, calculei, premeditei.... sonhei!
O que realmente lá me aguarda ainda não sei....
Só estou com os pés no chão.
Mas cada parte minha pisando de forma diferente...
A mente dá passos precisos, concisos, reais, verdadeiramente racionais...
O coração dá passos risonhos, dançantes, infantis, verdadeiramente emocionais...
E lá vou eu!
Com uma alegria que Deus está colocando em meu coração.....
Vou!!!

Viver a surpresa......
Viver as surpresas.......
Sê-la.
Promove-la.
Recebe-la.

Vou lá, então................

=======
Ana Paula Lopes Pinheiro
10h06min
21-07-2011

Nenhum comentário: