segunda-feira, 9 de abril de 2012

Pensamentos vitoriosos...

Nossa memória é algo que deve ser alimentada sabiamente, pois por ela nos condicionamos para o futuro.
Lendo o Salmo 129 (recomendo que o leia) notei que o escritor não permitiu que as dificuldades e as dores que sofreu atingissem o seu coração, ou seja, os seus sonhos e desejos.
Ele expõe que as dores foram profundas, mas que não conseguiram chegar ao local secreto de onde brotava a sua força.
Pelo contrário, ele relata que alimentou a sua memória não com as dores, mas com o livramento que Deus, Senhor justo, lhe dera.
O Senhor é justo! Ele libertou-me das algemas dos ímpios.” (Sl 129.4)
É assim que devemos agir!
Nossos pensamentos devem ser vitoriosos.
Não estou aqui advogando em prol de uma mentalidade super-crente.
Não!
Mas que hajamos da mesma forma que o salmista, não permitindo que as nossas lembranças sejam permeadas apenas pelas tristezas, mas sim que ao nos lembrarmos das dificuldades, à frente esteja a certeza de que Deus foi nosso fiel libertador.
Como disse Jeremias:
Todavia, lembro-me também do que pode me dar esperança. ” (Lm 3.21).
Agindo dessa forma, a certeza de que somos vitoriosos sempre será pujante em nossa vida e teremos a ousadia necessária para poder enfrentar os que desejam ver nossa queda.

Deus lhe abençoe!!!

Nenhum comentário: