quarta-feira, 23 de maio de 2012

Ele é Soberano!


“Se o Senhor não estivesse do nosso lado; que Israel o repita: Se o Senhor não estivesse do nosso lado quando os inimigos nos atacaram, eles já nos teriam engolido vivos, quando se enfureceram contra nós; as águas nos teriam arrastado e as torrentes nos teriam afogado; sim, as águas violentas nos teriam afogado!
Bendito seja o Senhor, que não nos entregou para sermos dilacerados pelos dentes deles.
Como um pássaro escapamos da armadilha do caçador; a armadilha foi quebrada, e nós escapamos.
O nosso socorro está no nome do Senhor, que fez os céus e a terra.” - Salmo 124
Davi, quem escreveu esse Salmo, enfatiza bem já no primeiro verso que Deus está ao lado, que não é distante e sem misericórdia. E busca fazer com que o povo de Israel também tenha essa certeza, tanto que solicita que seja repetida tal frase e, ainda, complementado com o que Deus fez.
Quem pode livrar senão for o Senhor?
Um Salmo que nos faz reconhecer Sua Soberania. O salmista bendiz ao Senhor por não terem sidos dilacerados pelos inimigos, mostrando que suas vidas estão sendo guiadas conforme o Seu querer.
Na nossa jornada terrestre, diante de qualquer percalço que surgir, devemos evidenciar essa firmeza de coração, reconhecendo que Deus está conosco e, através dessa atitude, mostrar quem é o nosso Deus e alcançarmos vidas, tal como apóstolo Paulo fez em sua viagem a Roma. Este demonstrou sua devoção ao Senhor, reconhecendo que Deus estava na direção de tudo que estava acontecendo com ele (estava preso e sendo encaminhado para Roma e seu barco naufragou).
Quando aprofundamos em conhecer mais sobre nosso Deus, nós nos conscientizamos de uma verdade: Ele em Sua presciência já tem nossa história escrita, bastando apenas que confiemos totalmente Nele, para que essa história seja contada diariamente e, independente das situações que surgirem, temos que ter a certeza de que elas estão dentro do que foi já planejado por nosso Deus para que Sua glória seja manifesta.
Os Teus olhos viram o meu embrião; todos os dias determinados para mim foram escritos no Teu livro antes de qualquer deles existir.” (Sl 139.16).

Nenhum comentário: