quarta-feira, 15 de julho de 2009

De que adianta?

De que adianta dizeres que és livre
se tens em teus pulsos os grilhões dos vícios?
De que adiantes dizeres que és feliz
se dentro do teu coração o que reina é a tristeza?
De que adianta dizeres que tens paz
se a tua vida é uma guerra constante?
De que adianta dizeres que tens amor
se o ódio em certos momentos domina o teu ser?
De que adianta dizeres que tens tudo
se na realidade possuis apenas o nada?
Diga-me!
De que adianta?
De que adianta teres a riqueza toda do mundo
se a riqueza maior não tens?
De que adianta dizeres que tens vida
se da eternidade não podes dizer o que terás?
Diga-me!
De que adianta?
De que adianta ter uma religião,
se Cristo no coração não tens?
Pois vou te dizer algo que adianta:
- Ter a verdadeira liberdade que é poder dizer 'não'.
- Ter a mais pura alegria mesmo em meio às lágrimas.
- Ter a paz eterna, ainda que lutas sobrevenham.
- Ter o amor unigênito, o amor inexplicável.
- Ter o tudo e, quem sabe, até mesmo o nada.
- Ter a maior das riquezas que é espiritual.
- Ter condição de dizer que possuis a vida eterna.
- Ter a verdadeira religião: CRISTO!
Isto sim é que adianta!

Nenhum comentário: