quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

A única razão....

Um poema que escrevi há anos atrás...
Engraçado como as palavras escritas não se perdem mesmo com o tempo...
Acabam tornando-se em certos momentos atuais....
=====
A vida é uma estrada sinuosa,
mas podemos fazê-la proveitosa.
As lágrimas que surgem durante o andar,
podem se transformar em gotas de puro amar.

E o amor é a essência, a única razão,
o sentido final do nosso coração.
Ele tem importância fundamental
nessa caminhada vital.

Mas por que tudo nele se finda?
Não compreendemos no total ainda.
Sabemos que por causa de um infinito amor,
ganhamos de Deus um Salvador.

E com Ele as lágrimas terminam
e os raios da felicidade irradiam.
Pois com Cristo o caminho da vida
se torna uma gostosa lida.

3 comentários:

Ludi Botelho! disse...

Menina..
arrasando com os textos hen...
bjooon

O Profeta disse...

Construí um abrigo no deserto da emoção
Os vales são as ruas de um Deus
Fecha-se a alegria da terra
Um último olhar de amor, solto dos olhos teus

Na noite tudo se perde
Mora a sombra, o desvario
A indomável vontade do amor
Tem a força de um Rio


Bom domingo


Mágico beijo

Ana Paula disse...

Ludi.......escrever é algo que faz com que minha alma seja extravasada... quer me conhecer, me leia. rrss
E "Profeta", obrigada pela "visita".