terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Em 2010........

.... novos textos, poemas e poesias virão.......
Mas terminei 2009 agradecendo a Deus por
todas as flores que nasceram no meu jardim e,
principalmente, pelas sementes que plantei....
AGUARDEM!!!!!!!

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Vou!

"Quem nos separará do amor de Cristo?"
(Romanos 8.35a)
Quando nos dispomos a servir ao Senhor, independente do nosso querer e do que seja que Ele queira, podemos nos deparar com situações que podem até parecer impossíveis.
Podem nos levar a chorar, até mesmo a desesperar, a achar que não há mais razão nem mesmo para prosseguir.
Mas devemos ter a certeza de que o que obtemos através da morte de Cristo na cruz nos dá garantia de todas as condições necessárias para chegar e passar por tudo.
Por isso ergamos e gritemos com o resto de fôlego que ainda temos:
"Vou!"

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Escrita há quase um ano...

Há uma dor que me consome,
é dilacerante, me angustia.
As lágrimas não se contêm
e extravasam toda sua verdade.
Há um grito que não é ouvido,
que é calado pela solidão
e que retumba no vazio
que preenche toda a alma.
É a sentença a mim imposta
e que para ela não caminhei.
Pela mentira ela me foi proposta,
lágrimas de raiva eu chorei.
E caminhando assim eu vou,
com temor do que me aguarda.
Não reconheço mais o caminho
e nem mais o que devo realizar.
Ante isso, apenas uma certeza:
que minha fraqueza para as mãos vai
de quem tudo de mim e em mim conhece,
a Deus, o meu amado Pai.
------------------------
23.novembro.08
20h40min

Andar!

Erguer os olhos e ver
que adiante há um caminho
que precisa vivido ser,
mesmo que haja espinho.
Compreender que a dor
faz parte de todo o processo
que produzirá algo promissor,
que resultará até em sucesso.
E passo a passo caminhar
essa jornada à frente,
sabendo que o andar
voltará a ser sorridente.
E quando sentir a solidão,
a angústia dominar quiser,
possamos esbravejar um não
para o que quiser me deter.
=======
SEMPRE ASSIM VIVER!!!!!
Sempre!

domingo, 25 de outubro de 2009

Coração doendo escreve poemas...

Tentar conter uma torrente
e não permitir que ela aconteça,
faz com que a alma fique doente
e que a paz ali não permaneça.
Visualiza-se um verdadeiro ruir
de esperanças, sonhos e querer.
Tudo por não permitir
que se expresse o real ser.
Por ocultar os medos e vontades,
por buscar ao menos uma aprovação,
vive-se apenas meias verdades
e nunca se chega à solução.
E essa escondida dor
não fica por muito incontida,
pois o seu amargo sabor
se sente até em leve mordida.
O que apenas se deseja
é um afago, um ombro, um colo.
Mas o nome sempre almeja
que por ele se tenha zelo.
As lágrimas então vêm revelar
o que parece nem ser verdade,
sou uma alma desejosa pelo amar
desde sua tenra idade.

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Um recado...

Achas, talvez, que és feliz.
Mas não és!
Quem não deixa Cristo reinar em sua vida não é feliz,
pois Ele é a felicidade.
Podes ter é um prazer momentâneo,
uma felicidade fútil,
algo rápido, passageiro,
irreal e falso.
Uma felicidade que precisa de meios, subterfúgios,
alguns até dolorosos para poder existir.
Mas, aquela felicidade que nunca acaba e que dá a
sensação de sempre estar sorrindo, brincando,
louvando eternamente, mesmo em meio a
dificuldades, esta não tens.
Deixa Cristo entrar em teu coração!
Serás feliz...
... realmente!!!

....

A partir do momento que nossa comunhão com Deus aumenta,
que nos tornamos realmente um em Deus,
quando deixamos Ele ser e nosso ego morrer,
o nosso arqueinimigo, o que não aceita tal proceder,
fica furioso.
Coloca obstáculos onde menos podemos imaginar,
tenta de todos os meios dessa posição nos afastar.
Mas quando deixamos Cristo reinar em nosso ser,
a vitória nos é garantida.
Por onde?
Pela Sua morte na cruz.
Lutas podem nos sobrevir,
mas já vencemos!
Nunca perderemos!

Escrita há anos e anos atrás...

Há quase 19 anos atrás escrevi esse poema abaixo...
Foi quando recebi a notícia da morte de uma pessoa muito amiga,
que faleceu com 22 anos de leucemia.
Eu havia (na época) há poucos meses vindo para Itaperuna quando
recebi tal notícia....
=======
Não!
Não existes!
Não poderei mais...
... te ver,
... te sentir,
... te ter.
Os meus sonhos agora são impossíveis.
Só ficarão na mente os momentos passados.
A tua voz não poderei mais ouvir.
Teus olhos não mais verei.
Nem estas letras tu virás a ler.
Meu coração está triste, inconsolável.
Derrama lágrimas...
A esperança não existe mais,
pois seu caminho teve um desvio.
Ficará na lembrança esse amor sofrido.
Pois só houve uma coisa que o fez se abalar...
... a distância.
"Ó meu Deus!
Ajuda-me!
Sei que ele está Contigo e agora vai descansar.
Enxuga essa lágrima que rola no meu interior,
que molha a minha alma,
que me vez sentir grande dor.
Preencha esse vazio que agora começa a existir.
Meus olhos choram rios...
Meus lábios não querem mais sorrir...
Sim!
Ele não vive.
Não respira.
Não sente o que é ser.
Mas ele está Contigo e agora ele vai viver.
Mas, Senhor, conforta-me!
Ajuda-me ainda mais.
A dor que eu sinto agora é mais sofrida que a outra.
A separação é maior...
Pois o que existe dele é só um corpo morto...
Corpo que voltará ao pó."

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Creia!!!

Nos momentos de aflição
e que nos sentimos até sem chão,
há apenas uma coisa a se fazer:
em Deus totalmente crer.
Não há infortúnio ou infelicidade,
até mesmo nenhuma calamidade,
que não permita o Seu agir,
ou faça Sua fidelidade diminuir.
Então corra para os Seus pés
e não permita que nenhum revés
faça com que desvies sua atenção
de quem realmente pode lhe dar a mão.
Permita que Ele um afago lhe faça
e saiba que em tudo manifesta Sua graça.
Se diante de você difícil tudo está,
deixe que o impossível Ele resolverá.
E quando toda a situação passar
poderá a todos a alegria demonstrar.
Entregue agora a Ele toda sua dor
e certamente sentirás o Seu amor.
====
Escrita em dezembro de 2008.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

O convite da Graça

Isaías 1.18-20: "Vinde, então, e argüi-me, diz o Senhor; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a branca lã. Se quiserdes, e ouvirdes, comereis o bem desta terra. Mas, se recusardes e fordes rebeldes, sereis devorados à espada, porque a boca do Senhor o disse." --------------------- Graça de Deus... Por nós não merecida, mas concedida para podermos salvação ter e podermos viver nos altos céus. Por isso vamos cantar. Com júbilo e alegria todo nosso ser extravasar. Até chegar o dia em que vamos O encontrar. Graça de Deus... Que torna os nossos pecados, nossos atos errados, que são tão imundos, em um branco tão profundo. Ah! Maravilhosa Graça de Deus! Que ama o pecador. Que revelou a única esperança. Que se entregou à dor para ganharmos Sua herança. Vem! Vamos louvar! Por essa Graça bendizer. Deus nos deu por nos amar. Vamos alegres viver!

És livre

Sim!
Dentro de um casulo estás,
mas nada te fará calar,
de dizer que tens uma paz
que ninguém irá tirar.
Se quiseres, grite!
Para que todos possam ouvir
que sem estares livre,
Jesus em teu ser podes sentir.
Fala com toda vontade,
para que os que estão ao teu lado
ouçam toda verdade,
que é nosso Cristo amado.
Não!
Nada te calar poderá.
O que está em teu ser
é eterno. Vivo está!
Ele te dará poder.
É só tua boca abrires
e com alegria O louvar.
Pois, mesmo nas maiores crises,
Ele te vai ajudar.
Deixe todos ouvirem
que serves a um Deus vivo.
Deixe todos saberem
que a Ele estás seguindo.
Não tenhas nenhum receio
pelos momentos que estás passando.
Não procure nenhum outro meio,
mas siga sempre louvando.
És livre!
És salvo!
Tens a Cristo,
Ele é o teu alvo.
=====
Escrevi esse poema para um rapaz que ficou preso
por quase um ano, só que tinha Cristo em seu
coração.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Renatin - canta D+

Agradeço a todos que oraram pelo meu amigo e irmão em Cristo, Renato Gabry. Aqui está a história dele.... de forma simples, mas dá para juntos agradecermos a Deus por ver Sua mão realmente tendo o controle de tudo.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Por que vou à Igreja?

Essa pergunta nos faz pensar sobre quais motivos nos impulsionam a ir ou não à Casa de Deus. Antes, devemos entender que IGREJA não é uma invenção humana. Desde o Antigo Testamento Deus já a tinha instituído. Ele chamou um homem, escolhendo-o para que fosse pai de um povo separado do mundo ( ekklesia = tirado de fora para dentro), que seguiria Seu governo, Sua lei e que somente O adoraria, não tendo outro Deus (Gn 12.1-3; Lv 26.11-13). Mas como bem conhecemos a história desse povo (Israel), eles rejeitaram essa dádiva. Deus, então, enviou Seu Filho para poder edificar essa IGREJA (Mt 16.18b). Neste versículo Jesus estava dizendo a Pedro que sobre a afirmativa que ele (Pedro) havia dito (“ Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo”), a IGREJA seria edificada, passando a existir visivelmente no Dia de Pentecostes (At 2.1-4). Nós fazemos parte dessa Igreja que foi fundada há mais de dois mil anos, ou seja, fazemos parte dessa Igreja Universal, que é formada por salvos de todas as raças, tribos, nações, culturas ou dialetos. Aquela Igreja de Atos também tinha seus momentos de reunião, tinha suas atividades comunitárias, seguiam a lei de Deus e Seus preceitos morais, tinham comunhão uns com os outros e adoravam a Deus em conjunto (At 2.42-47; At 4.32-33; At 15.4; At 16.5). Tal como nossas Igrejas de hoje em dia, que denominamos Igreja Local, ou seja, uma Igreja com endereço fixo. Mas a Igreja de Atos sofreu perseguições atrozes… E mesmo assim sempre estava em reunião, uns nas casas dos outros, tanto que Paulo cita sobre a Igreja que estava na casa de Priscila, Áquila e outros. Até mesmo em catacumbas, ou seja, cemitérios, conforme nos relata a história eclesiástica. É nesse ponto que retornamos a questão acima: Por que eles iam à Igreja? Eles cantavam salmos durante suas reuniões, hinos de adoração, repartiam seus bens… por quê? (Sl 84.10). Seria a amizade entre eles? Seria porque gostavam de sofrer? Seria porque eram pobres financeiramente? Seria porque eram coagidos, forçados? NÃO! O Único Motivo era CRISTO! “ Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou e se entregou a Si mesmo por mim.” (Gl 2.20) A partir do momento que também agirmos dessa forma, ou seja, freqüentarmos a Igreja não por causa dos outros ou por causa do nosso bem estar, mas POR CAUSA DE CRISTO, as demais coisas serão realizadas não porque faremos para homens, mas porque faremos para Deus. Não importava aos primeiros cristãos o seu viver e sim o viver de Cristo. Aleluia! Se nos portarmos assim… … iremos ADORAR a Ele, independente de qualquer situação terrena. Seja na dor ou saúde, na guerra ou paz, na pobreza ou riqueza, pois o nosso único desejo será estarmos diante Dele. … teremos COMUNHÃO com os nossos irmãos, não por causa do sentimento de amizade, que sempre leva em conta nossos gostos pessoais, nossa vã maneira de olhar os outros. Mas teremos comunhão uns com os outros por causa do amor de Deus que estará em nossos corações. Amaremos até os nossos inimigos, conforme Sua palavra diz. … CONTRIBUIREMOS sem restrições, porque saberemos que somos mordomos aqui na terra. Tudo é de Deus. … SERVIREMOS com nossos talentos na casa de Deus não para mostrá-los aos outros, mas para evidenciarmos a Glória de Deus ao mundo. … e a cada dia Deus nos acrescentará mais e mais irmãos para caminharem conosco. “ A palavra de Cristo habite em vós abundantemente, em toda a sabedoria, ensinando-vos e admoestando-vos uns aos outros, com salmos, hinos e cânticos espirituais; cantando ao Senhor com graça em vosso coração. E quando fizerdes por palavras ou por obras, fazei tudo em nome do Senhor Jesus, dando por Ele graças a Deus Pai.” (Cl 3.16-17) Recomendo ler, também, Hebreus 13.1-17. Se você ainda não faz parte dessa Igreja Universal, lhe convido a reconhecer Cristo como único Senhor da sua vida e você verá quão maravilhoso é fazer parte desse povo chamado Cristão. Se você faz parte, lhe convido a cada dia mais estar se alimentado da Palavra de Deus e saciando a sua sede nas águas do Espírito, para dia-a-dia crescer em graça e conhecimento para a Glória de Deus e, assim, ser um Cristão que faz diferença nesse mundo. Deus lhe abençoe!!!
========
Reflexão publicada no Boletim Dominical da AD em Itaperuna-RJ.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

O que era para ser ainda é possível.....

Transtorna toda uma certeza quando nos deparamos com certos fatos que jamais pensaríamos que pudessem acontecer.
Parece que uma névoa surge a nossa frente e faz com que a imagem que antes tínhamos se torne embaçada, desfocada, longe da realidade.
Segredos são revelados e põem em xeque (não mate) detalhes que antes eram concretos.
Eram sonhos?
Era mentira todo o jeito de agir?
Por acaso não apreendeu tudo o que foi revelado na Palavra?
Vivia com uma máscara?
Não..... apenas não percebeu que estava se distanciando.
Ou então, não quis perceber.
Quem sabe?
O perigo de andar na beira do precipício é esse:
quando menos se espera acontece o tombo.
Por causa de uma pedra que está solta...
Por estar chovendo....
Por vir uma ventania....
Por uma simples olhada para baixo, para ver a profundidade do mesmo...
Pronto! Tomba.... e logo no precipício.
Para que ficar andando em sua beirada?
Afinal, somos suscetíveis às quedas, mas há diferença entre cair na estrada e cair no precípio.
Mas há uma verdade que jamais poderá ser esquecida: o amor de Deus.
O verdadeiro amor, que não abandona nem mesmo quando há a queda.
Basta que se veja a mão estendida.
Apenas isso!
Não era mentira!!!
O que era para ser ainda é possível....
Acredite!!!
E a névoa?
Essa se dissipa com o raiar do Sol da Justiça...
"Portanto, estejam com a mente preparada, prontos para agir; estejam alertas e coloquem toda a esperança na graça que lhes será dada quando Jesus Cristo for revelado.... 'Sejam santos, porque eu sou santo'." (1Pe 1.13, 16)

terça-feira, 1 de setembro de 2009


FAÇA A DIFERENÇA!!!

Sabendo de crianças
sendo agredidas
(emocional ou fisicamente,
de forma sutil ou não, molestada,
negligenciada e tudo mais que
for de violência contra ela),
DENUNCIE!
Não permitamos que elas
percam a inocência!!!
JAMAIS!
"Liberte os que estão sendo levados para morte; socorra os que caminham trêmulos para matança! Mesmo que você diga: 'Não sabíamos o que estava acontecendo!' Não o perceberia aquele que pesa os corações? Não o saberia aquele que preserva a sua vida? Não retribuirá ele a cada um segundo o seu procedimento?"
(Pv 24.11-12)

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Fala, Senhor!

Fala, Senhor!
Tua voz acalma o que está em turbulência e direciona o que está perdido.
Tua voz estronda no silêncio da mágoa e faz com ela seja apaziguada.
Tua voz penetra no mais íntimo e vasculha o que não se vê e faz com que venha à tona o que está sendo o impedimento para uma vida de plena prosperidade.
Tua voz...
É ela que quero ouvir.
Fala, Senhor!

domingo, 30 de agosto de 2009

Só com Jesus!

Quando as mágoas antigas,
os tristes e maus dissabores.
Quando as não saradas feridas
vêm nos causar dores.
Só com Jesus, amados,
teremos saudáveis fulgores.
Só com Ele somos sarados!

Quando a batalha é horrenda,
em nossa frente só inimigos há.
Quando a luta é tremenda
e a vitória diz que não existirá.
Só com Jesus ganharemos
e o mal sucumbirá.
Só com Ele venceremos!

Quando o "eu" quer sobrepor
toda nossa humildade.
Quando o coração está em torpor
e a alma com saudade.
Só com Jesus seremos quebrantados,
consolados em toda verdade.
Só com Ele somos exaltados!

Só com Jesus iremos
entrar na linda mansão.
No eterno céu viveremos.
Nossa voz entoará bela canção.
Nunca mais tristeza haverá
em nosso sofrido coração.
Só paz eterna gozará
o nosso espírito são.

sábado, 29 de agosto de 2009

Escrever alivia a mente e também o coração. Ao expor palavras que insistem em se proliferar e que invadem cada espaço do meu interior, posso fazer com que haja uma exteriorização dos sentimentos internos. Mesmo que as palavras não revelem em total tudo, pois elas se camuflam em frases dúbias, frases enigmáticas, frases que são compreendidas apenas pelo coração que a escreveu.

Melhor assim.... Eu compreendo.

E por compreender, sei que devo mudar toda uma situação e dar um basta para certas atitudes. O que meu coração está cheio, com certeza promoverá um futuro que mostra ser factível, apesar de estar sendo um início cheio de embates. Os mesmo serão vencidos, bastando apenas que haja realmente a expressão máxima de tudo o que Deus proporcionará. Vindo Dele o que se espera, não há o porque temer. Certas fatos já demonstram o realizar Dele... E como! Apesar de não ser muito perceptíveis... talvez por não se saber por completo toda uma história...

CHEGA!

CHEGA!

AAAAAAAhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh.............

Como seria fácil poder viver o fácil... E o difícil enfrentaria .... Em tudo o que se deseja MESMO é ser fiel a Deus. É entregar-se a Ele e permitir que Ele cumpra o SEU querer.

AAAAAAhhhhhhhhh...........

Pai, preciso de Ti! Muito... Muito... Muito....

sábado, 22 de agosto de 2009

4 linhas....

Em Deus farei proezas.
Com Ele vencedora sou.
Pois com Deus não há tristezas.
Caminhando para o céu eu vou.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Viver

Viver...
Ter algo dentro de nós.
Ter um objetivo.
Ter uma alegria.
Ter até mesmo uma tristeza.
De que vale a vida se não a vivermos?
Temos que ver a liberdade.
Ver a paz.
Ver a realidade com os olhos dos sonhos,
que são os olhos da vida.
Vida que valha a pena
é fazer o que se deseja,
é fazer o que se almeja.
Sentir o que passa ao redor.
Ouvir cada som.
Ouvir o que não nos é audível.
É ouvir a alma e entender o que ela fala.
Viver...
É falar o que pensamos.
Falar sem enganos
o que nosso coração dita
e nossa mente avalia.
Viver...
Sentir o toque não dado.
Sentir a saudade como uma mão
acariciando suavemente o coração.
Realizar o inimaginável.
Diminuir distâncias.
Encontrar o que se anseia.
Viver é amar!
E amar em Deus......

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Era...


Era uma vez...
Alguém que ia caminhando, seguindo o caminho que escolhera sem muito questionar.
Sem prestar atenção ao redor ou até mesmo para onde ia, pois apenas andava.
Não sentia prazer na jornada.
Nem ao menos procurava mudar o rumo.
Apenas andava.......
Era uma vez...
Alguém que ouvia uma mesma batida ritmada, sem compreender o que se cantava.
Não lhe importava o que era o som, queria apenas um barulho para poder ter a sensação de não estar só.
Não sentia alegria com o que ouvia.
Nem ao menos procurava outra canção.
Apenas escutava.......
Era uma vez...
Alguém que olhava para um ponto fixo, para não perder o sentido no escuro que lhe rodeava.
Na realidade, olhava para o breu, para o negro e não se incomodava.
Não sentia nem mesmo medo.
Nem ao menos procurava uma solitária estrela.
Apenas olhava................
Era uma vez...
Era...
O comodismo, a apatia, a mesmice do dia a dia.
A aceitação ou falta de forças para poder romper tal situação.
Era...
Alguém.....
Era...
Eu!
Era, pois esta história mudou!
Era, pois seu final ainda não chegou!
Era, pois agora despertou!
Aliás!
Despertei!
E hoje tenho certeza, o "The End" será....
... feliz para sempre!!!!!
Era uma vez...

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Ah! Coração!

Porque tanta agonia?
Angústia?!
Até mesmo euforia!!!
SOSSEGA!
Procura no alto pensar
e se permita acreditar
no que descompassadamente
está a amar.......

....

Transtorna toda a situação
Estar esperando uma ação
Mostra o quanto somos nada
Prova-nos que tudo é em vão
O certo é deixá-lo em Suas Mãos.

Nossa Vitória

Ainda que venha a tempestade, que o inimigo venha com maldade, temos quem combate nosso perigo, nosso amado Jesus Cristo. Não fosse por Sua glória, não teríamos nenhuma vitória. Pois morto foi na cruz para dar-nos eterna luz. Seu corpo foi açoitado, Suas mãos e pés pregados. Sangue por nós Ele derramou. Foi plano de Deus que nos amou. Não há como comparar o amor de Deus com o nosso amar. Pois ninguém daria Seu Filho amado para morrer pelo mundo em pecado. Olhar para o Gólgota devemos, se não no mundo morreremos. Pois no Gólgota foi pendurado na cruz Cristo, nosso amado Jesus. Crer na Sua morte é a vitória, para assim entrarmos na glória. Ele nos livrou da morte com braços seguros e fortes. Vamos felizes! Vamos avante! Para o eterno céu sigamos adiante. Nós temos esse direito, com Cristo nos tornamos perfeitos.

Só em Jesus...

Se o coração está em dor, se de amargura tem sabor, entregue-se ao Senhor, a Jesus Cristo Redentor. Se a vida é uma ilusão, se o sonho é em vão, não entoa a bela canção e não tem a solução. Veja esta tão gloriosa luz que provém da cruz, que a tudo se reduz, é Cristo, Salvador Jesus.

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Ouça!

Está ouvindo? É alguém falando... Aliás, clamando! De onde está vindo? Conseguiu distiguir? Mistura-se a outros sons... Só que possui únicos tons... É à alma que se deve ouvir. Não! Os ouvidos não o ouvem. Presta mais atenção! Alguém clama por salvação, que a dor lhe aliviem. É esse o seu querer: que lhe levem o que preencha ou algo que feche a brecha que consome todo o seu ser. Vai! Você sabe o que levar. Ouça e vá sem demorar mais, acolher a todos esses ais. Basta a verdade apenas dar. Nada mais do que isso! Apenas dizer com amor, que existe fim para a dor. Assuma esse compromisso! Vai!

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Eu lhe entrego assim, o meu coração!

"O Senhor Deus é o sol e escudo; o Senhor concede favor e honra; não recusa nenhum bem ao que vivem com integridade." (Sl 84.11)
===========
Compreender toda uma situação às vezes se torna impossível.
Ainda mais quando não se compreende o "por que" de tudo.
E a dor?
Dor na alma...
Angústia...
Dor por não saber...
... por não querer...
... por não entender...
Dor por estar se vendo incapaz, sem condições.
Dor por ver a incompreensão, a falta de uma mão.
Parece que a solidão domina toda a alma.
Que andamos tentando até esbarrar no nada, apenas para sentir, incoerentemente, algo.
O olhar precisa de outro olhar.
Não qualquer um que vagueie, que seja vazio, que seja inóspito.
Mas aquele que vai tocar no âmago e vai dizer as tantas palavras que há tempos deseja se ouvir, mas que parecem ser até pertencentes a um conto de fadas.
Se o procura?
Quem sabe...
O achou?
Talvez sim...
Apenas continua caminhando.
Não desiste!
Quem sabe na próxima curva, em meios aos muitos que caminham, esteja ele?
Quem sabe ele já esteja olhando?
Quem sabe?
Então, vai enfrentando o medo e, sempre, suplantando a dor.
Como?
Mostrando um sorriso que engana ao redor, que esconde o interior, que mascara as lágrimas.
É esse coração que está neste momento sendo entregue em Suas mãos, ó Pai!
Eu Lhe amo, meu Deus!!!
Eu confio totalmente no Senhor!!!

domingo, 26 de julho de 2009

Coragem para ser diferente.

Ser diferente do mundo, 
que está caído e é moribundo. 
Ser igual a Jesus Cristo. 
Coragem para isso. 


Largar toda maldade, 
tristeza, ódio e vaidade. 
Tornando-se forte soldado, 
com Jesus Cristo ao nosso lado.  


Coragem para ser diferente, 
é o que devemos ter. 
Com Cristo à nossa frente, 
não há nada para temer. 


Coragem para sermos luz, 
acreditando naquela cruz. 
Coragem para sair cantando 
e ao Senhor sempre louvando. 


Tendo uma vida santa. 
Ao Deus eterno consagrada. 
Coragem para ser diferente 
e no céu morarmos eternamente.


======== 
Escrevi esse poema há uns 15 anos... 
Era para ter sido um hino de um Congresso Jovem, cujo tema era "Coragem para Ser Diferente". 
Pois é... Infelizmente, nos dias de hoje muitos têm perdido essa coragem... 
Muitos têm desejado mais olhar para si mesmo e realizarem suas vontades, do que olhar para a Cruz e reconhecer que ali está bem evidenciada a maior vontade do Pai para nossas vidas: 
 SERMOS SERVOS! SERMOS LUZ! SERMOS SAL! SERMOS DIFERENTES! 
Deus lhe abençoe!!!!

Meu maior desejo...

Andar nas ruas celestiais 
será maravilhoso! 
Conhecer todos os seres angelicais, 
sentir eterna paz, santo gozo. 


Ver o rio caudaloso e belo, 
o Rio da Vida. Tudo ali reluz. 
Será gostoso e singelo 
ver o rosto de Jesus. 


Ouvir os coros santos, 
os “aleluias” e “glórias a Deus”. 
Quão belo será ouvir os cantos 
quando chegar aos céus. 


Imagine uma paz eterna, 
amor infinito, sonho realizado. 
Nenhum outro prazer ou vida terrena, 
mas uma vida santa, corpo glorificado. 


Isto não é somente imaginação. 
Tudo já sinto, realidade é. 
Pois Ele vive em meu coração 
e esse sonho já vivo pela fé.

sábado, 25 de julho de 2009

Sonhar...

Sonhar com o real.
Criar o nada saber.
Correr atrás de um ideal
e vencer. 




Sonhar acordado
ver a ilusão.
Viver ao Teu lado.
Segurar em Tua mão.



Sonhar que a vida
não é passageira.
É feliz, não é sofrida.
Contigo é verdadeira. 


Sonhar com o nada.
Não ter medo de ser.
Ter a alma encantada.
Sentir o verdadeiro prazer. 


Sonhar com a paz.
Não sonho louco ou vão.
Realidade se faz
sonhar com o coração.


De olhos aberto ver
o irreal, a mente, luz.
Como seria viver
sem sonhar Contigo, Jesus?

Altos e baixos...

Por quê?
Vontade de chorar, sumir.
Esconder até mesmo de mim.
Vontade de sorrir, gargalhar.
Espalhar sementes de esperança.
É assim que estou.
É ruim!
É péssimo desse jeito.
Vontade de ir...
Vontade de parar...
Por quê?

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Aos meus amigos:

Só tenho que agradecer
tudo que me proporcionaram.
A esperança fizeram nascer.
Realmente me alegraram.


Modificou meu modo de olhar
a tão falada palavra UNIÃO.
Hoje eu a sinto pulsar,
pois a notei em cada coração.


Eu não tinha imaginado
que existia essa felicidade.
O que sabia era contado,
não tinha sentido de verdade.


Inconscientemente me ajudaram
um degrau da vida subir.
Os seus gestos tudo contaram.
Palavras que vim a ouvir.


Continuem sempre assim.
Não venham à vida negar.
Preguem a Palavra, sim,
no andar, falar, cantar.


E que as bênçãos do Senhor
sobre vocês sempre venham.
Com um sincero e novo amor
hoje vocês me presenteiam.

Sem nexo...

Sonhos e mais sonhos...
Pensamentos e vontades...
Parece até irracional.
Uma incoerência da nossa mente.
Loucuras que demonstram nosso verdadeiro "eu".
Caminhos de fuga para o que nos envolve.
Corridas feitas para a chegada ao prazer da felicidade que teremos.
Imagens que criamos para enfeitar o "feio" do mundo.
Tudo é momento!
Divagações momentâneas que cobrem com o manto do irreal toda a realidade que há no exterior de nossas mentes.
Lendas...
Histórias...
Tudo momento!
O que grita mesmo é o vazio da alma.
É a sede e fome que corrói o espírito.
É a angústia da ausência do toque, do afago.
Esse é o verdadeiro, o que tocamos, apesar de não querermos.
Fugir?
Para quê?
A realidade será nossa companheira até a morte!
 Basta!!!!
 Melhor é se render...
Não adianta fugir!
Render-se aos pés da Tua Cruz...